A árvore mais velha do Mundo

Vá, não é bem uma árvore. É um colónia. Uma colónia de álamos que partilham a mesma raíz e o mesmo código genético. É só um individuo, portanto. Diz-se que nasceu há mais de 80.000 anos, apesar de haver quem diga que o método de datação é tão bom como atirar datas ao calhas, mas todos concordam algo relutantemente que menos de 10.000 anos não deve ter. A datação baseia-se nas condições de reprodução daquela espécie de álamo, condições essas que eram as ideais durante a última glaciação. Ainda hoje a dita planta, chamada de Pando, que em latim é qualquer coisa como “eu alastro”, não se consegue reproduzir, apenas alastrar e renovar: cada vez que morre um dos caules, que nós reconhecemos à vista como árvore, o idoso sistema de raízes faz crescer um novo. Possui mais de 47.000 destes caules, ou estemas, que têm uma esperança de vida média de 130 anos, espalhados por uma área de 43 hectares. Números impressionantes para uma simples planta – para todos os efeitos é apenas uma planta. Crê-se que seja o organismo vivo mais pesado do planeta com 6.000 orgulhosas toneladas, mas crê-se também que no enorme estado do Utah, casa da Pando, existam mais colónias deste calibre ainda por encontrar e estudar. Aliás, descobriu-se recentemente uma dessas colónias de álamos que dá ares de ocupar 80 hectares e de ter mais de 1.000.000 de anos. Sim, um milhão de anos de idade, quase tantos como o Manoel de Oliveira. Caramba. Chiça. Porra.

About these ads

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: