Viu-se e recomenda-se:

doubt

Não se pode dizer que o argumento seja arrebatador. É, aliás, uma história bem comum nos dias que correm. É essa vulgaridade que nos arrebata. É a humanidade nos olhos de Seymour Hoffman, Streep e Adams que nos arrebata. A fotografia então está irrepreensível. Arrebatadora, mesmo.

Anúncios

3 pensamentos sobre “Viu-se e recomenda-se:

  1. Só soube que havia uma peça depois de ver o filme, enquanto andava à procura de um cartaz com tamanho suficiente. Diz-se que a peça não fica nada a dever ao filme, eu acredito, mas claro que depende sempre dos actores. Os do filme, pelo menos, são brilhantes. Os outros não sei, só vendo.

  2. Teve duas temporadas no Maria Matos, com a Eunice (como já disse) e com o Diogo Infante, Carlos Paulo da Comuna. Infelizmente duvido que se repita, porque o Diogo Infante mudou-se de vez para o D.Maria II, e não estou sinceramente a ver esta peça no Teatro Nacional, mas se acontecer e como agora quase todas as semanas tenho que ir ao teatro, aviso-te, pode ser que querias fazer uma visita a capital.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s