Três dias…

15787349-15787352-slarge

Apercebi-me hoje que faltam três dias. Três dias. Esse facto atingiu-me como uma forte pancada no splash, no seguimento de um frenético break que passou por todos as timbalões, bombos e tarolas em menos de três segundos. Um break à Carter Beauford. Três dias. Porra, como o tempo passa. Faltam três dias para ter à minha frente as maravilhas de Charlotesville. A voz rouca sulista e as pernas em piloto automático; o violino desgarrado acompanhando as tranças voadoras; o baixista com cara de miúdo mas de groove à homem bem crescido; o mastodôntico tropetista com um depósito olímpico de ar comprimido e dedo leve no pistão; o prodigioso careca substituíndo o insubstituível e guedelhudo Leroy; e o inenarrável Beauford, domador de todos os ritmos e contratempos que o ser humano é capaz de absorver e contemplar. A Dave Matthews Band vem aí. E eu vou vê-los. E vou também beber uma valente buja e fumar um valente charro à memória do verdadeiro Groo-Grux King, que pelo simples motivo de estar noutro plano de existência não poderá comparecer àquela que será a festa do ano. É pena. Curtiremos por ele, então.

Anúncios

Um pensamento sobre “Três dias…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s