O Dia Em Que A Terra Continuou

Não deixa de ser ironicamente engraçado ter visto este filme no preciso dia em que começa a conferência da ONU sobre o clima – para quem não viu, o segundo pedido que Keanu Reeves faz depois de chegar à Terra é falar com os líderes mundiais acerca do planeta Terra (o primeiro pedido é água). E surge a questão: valerá a pena conversar? Tendo em conta que as alterações climáticas que sentimos agora derivam de uma revolução industrial que aconteceu há dois séculos atrás, e não do monóxido de carbono emitido pelo meu Citröen C3, não me parece que seja uma conferência das Nações Unidas a esta altura do campeonato que mude algo. A coisa vai piorar muito antes de melhorar. Mesmo que parássemos subitamente de produzir as catastróficas quantidades de dióxido e monóxido de carbono e metano que produzimos hoje em dia, a Terra iria demorar bastante tempo a recompor-se. Note que este “recompor-se” é altamente relativo: nós, homo sapiens, seremos as mais trágicas vítimas do aquecimento global, pois a Terra continuará a girar precisamente à volta do mesmo Sol que conhecemos, enquanto os seres vivos sobreviventes, e os outros que hão-de vir, dançarão nas nossas sepulturas e rir-se-ão de nós e dirão entre gargalhadas “pobres humanos que achavam que a Terra era deles”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s