Obrigado Benoît (1924-2010)

Benoît Mandelbrot, pai de uma prole infinita, morreu no passado 14 de Outubro. Foi ele que criou o termo Fractal; foi ele quem mais fundo foi na investigação matemática desses “problemas”; foi ele que, munido dos resultados dessas deambulações, ofereceu ao Mundo novas possíveis explicações para problemas antigos. Nunca se rendeu às evidências nem aos preconceitos. Mergulhou de cabeça onde todos os outros viam paredes sólidas e voltou sem um arranhão.

Ou seja, passou grande parte dos seus 85 anos de vida a desbravar caminhos anteriormente insondáveis. Gente desta faz o Homem brilhar. O Mundo fica mais pobre sem ele, mas enriqueceu tanto com ele que a única coisa que me ocorre para acabar esta frase é “obrigado, Benoît”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s