Descansa em paz, velhote

Foi preciso crescer bastante para encontrar a genialidade em Mel Brooks e Monty Python, mas foi este artista que me ensinou a admirar o non-sense e me treinou nas gargalhadas mais desbragadas. O cromo do cabelo branco finou-se ontem, aos 84 anos de idade, em Fort Lauderdale, Flórida, o paraíso para a malta daquela faixa etária e o lugar onde tudo acaba para a maioria deles, obviamente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s