Eu vi a Láctea, tu viste a Láctea…

Nick Risinger é um daqueles espécimes raros de seres humanos cujo nome deveria ecoar nos ouvidos de toda a gente. Não é uma estrela pop, nem do youtube, nem de um qualquer reality show da MTV. Não tem nenhum talento especial que se lhe conheça; é apenas um homem na imensidão terrestre de quase 7 mil milhões de pessoas, num planetinha minúsculo no meio de um dos braços de uma galáxia muito muito pouco distante. Nick Risinger é apenas um homem, ou um rapaz, já que tem mais ou menos a minha idade, com coragem, dedicação e fundos suficientes para criar uma mapa fotográfico do céu nocturno, hemisfério norte e sul, interactivo, com direito a zooms, os adorados 360º e informação sobre as constelações e demais direcções siderais.

O que distingue este Photopic Sky Survey do Digitalized Sky Survey realizado nos idos Oitentas e que serve de base ao GoogleSky? Basta compararem os sites de cada um, mas a diferença é ainda maior: é que essoutro foi criado a partir de fotografias de apenas dois comprimentos de onda (azul e vermelho) e este do Nick foi feito com três para um maior realismo e menor ruído. Outra das diferenças é que o Photopic Sky Survey de Risinger foi feito de forma inteiramente amadora por ele coadjuvado pelo seu progenitor já reformado. Diz que não quer dinheiro por nenhuma das 37.000 imagens que compõem o boneco, nem que lhe paguem as facturas de gasolina de 60.000 quilómetros entre a Califórnia e a África do Sul. Só quer que as pessoas “percebam a beleza do que está escondido mas que nos rodeia“, segundo as palavras do próprio.

E ainda “Os astrónomos passam a vida à procura dos pequenos insectos nas cascas das árvores. Isto é mais apreciar a floresta inteira“. Fala bem, o miúdo.

Não vale a pena dizer muito mais sobre isto nem sobre o que tiveram que penar os dois Risinger para sacar a tal “meia dúzia” de fotografias, nem sobre as horas passadas a compor o mosaico, nem sobre os milhares de dólares de equipamento, só vos digo que não está ao alcance de qualquer profissionalzeco nem de qualquer amadorzão. Não é fácil, não senhor.

Nick, foda-se, és uma máquina. Obrigado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s