Encontrar a racha

Num dos episódios da soberba Fringe, uma agente da Polícia fala a Peter Bishop sobre o significado da expressão “Find the crack” gravada numa caneta oferecida por um colega seu. Diz ela que toda a escuridão tem uma racha (crack),tal como a maioria dos pretos no Harlem, mas isso já sou eu que digo. O trabalho dela é portanto encontrar essa racha e protegê-la a todo o custo, pois é por essa racha que a luz entra e só ela impede que a escuridão seja ainda mais assustadora.

Bem podia entrar na pura bardajice, qual Bocage internáutico, sobre o desinteresse que tem uma racha quando é demasiado difícil de encontrar – demasiada pilosidade ou mesmo falta de racha não são nada, mesmo nada, convidativos. Como disse, podia entrar na brejeirice barata mas não o vou fazer mais do que já fiz. A verdade é que gostei da expressão e um dia destes ainda faço dela um daqueles lemas de vida que o Paulo Coelho tanto aconselha. Um dia que acorde a pensar em rachas na escuridão e não na escuridão de certas rachas, vá.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s