O terrorismo tem um rosto e é bonito:

O rosto, atenção, não o terrorismo em si. No dealbar do novo século – caramba, do novo milénio – e a braços com uma crise cujo precedente tem quase outro século, este tipo de situações é algo prevísivel. Espanta-me sim que um miúdo entre na escola aos tiros por que alguém gozou com os seus calções; já o que Anders Breivik fez, baseando-se num nacionalismo exacerbado e com o apoio de grupos de extrema-direita que pululam nas internetes, é prevísivel de um ponto de vista pragmático: tipo, esta merda está toda fodida e é preciso abanar o barco. Como? Atacando a merda de democracia que nos trouxe aqui. É tão catártico quanto tétrico. Atente nas palavras anteriores dando ares de que se sabe do que se fala.

Adiante.

Esta famigerada crise já não é só económica. Começa a ser social também e já se vêem vislubres de uma crise cultural. Espalha-se como um cancro infectando todos os orgãos, mesmo aqueles que por razões civilizacionais parecem imunes, como a tolerância. Breivik  personificou essa doença na perfeição. Não é um tresloucado mujahedin vindo de uma montanha distante, não é um guerrilheiro núbio de kalashikov em punho, nem um rancoroso e esfarrapado palestino. Breivik é o vizinho do lado. Um miúdo rico, inteligente e bonito – e é isto que assusta mais, a aparente normalidade do indivíduo – que resolveu abanar as estruturas ostentando o estandarte de um neo-ultra-coisinho-nacionalismo que cresce à volta do cancro da crise, como anticorpos enraivecidos que matam o hospedeiro pela febre.

Vamos ver mais coisas destas, sem dúvida, ainda para mais agora que houve um primeiro passo. Podem as autoridades monitorizar o que quiserem que enquanto os sistemas económicos que regulam a direcção e velocidade da rotação da Terra não forem profundamente alterados, estas coisas vão continuar a aparecer em crescendo, até um arquiduque qualquer ser assassinado e depois é que está tudo mesmo fodido.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s